novo
Abramt

Avisos

veja todos
  • 17/11/2016
    Resultado do Congresso de Foz do Iguaçu/2016 e informações sobre o Resultado ...
    17/11/2016
    Congresso ICOH 2018, mais informações: ...
    11/11/2016
    XV Fórum Presença ANAMT: inscrições pela internet encerradas Esta quinta-feira (10) foi ...

NOTÍCIAS

voltar

03/01/2018

Projeto possibilita inserção de pessoas com sofrimento mental no mercado


A Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais (SRT-MG) está contabilizando – e comemorando – neste mês de dezembro os resultados positivos do Projeto de Inclusão de Pessoas com Sofrimento Mental no Mercado de Trabalho, iniciativa pioneira em Minas Gerais e que completa três anos de implantação. O projeto integra ações do Projeto de Inclusão de Pessoas com Deficiência no Contexto do Trabalho, da Auditoria Fiscal do Trabalho do Ministério do Trabalho.

O objetivo é potencializar o cumprimento da reserva de cargos estabelecida na Lei nº 8213/91, mais conhecida como Lei das Cotas, que prevê a contratação de pessoas com deficiência psicossocial (esquizofrenia, por exemplo), após a conclusão de curso de aprendizagem profissional conduzido por instituição qualificadora de ensino.

O projeto é realizado pela SRT-MG em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). O Supermercado Verdemar foi a primeira empresa a aderir à proposta, por meio da qual já foram incluídos, no total, cerca de 90 trabalhadores com esse perfil no ambiente de trabalho. Somente o supermercado contratou cerca de 50 trabalhadores, que estão atuando nas suas diversas unidades.

A coordenadora do projeto é a auditora- fiscal do trabalho da SRT-MG Patrícia Siqueira. Ela explica: “Inicialmente, os trabalhadores são indicados pelos centros de convivência pertencentes à Prefeitura de Belo Horizonte para participar da aprendizagem profissional realizada pelo Senac. Durante a aprendizagem, teórica e prática, na empresa contratante, os aprendizes são, pouco a pouco, inseridos no ambiente de trabalho. Ao fim do processo, essas pessoas são efetivadas como trabalhadores com contrato indeterminado”.

Segundo Patrícia Siqueira, o índice de empregabilidade desses profissionais é de 100%, evidenciando o sucesso do projeto. “É a demonstração de que eles, que são estigmatizados pela sociedade, precisam apenas de oportunidades para estar presentes no disputado mercado de trabalho”, afirmou.

A coordenadora lembra que o projeto foi oferecido ao supermercado durante uma fiscalização da SRT-MG. “Quando procurei uma empresa para ser parceira na primeira etapa, além de buscar uma instituição que precisasse cumprir a cota, pensei naquela que tivesse o perfil para receber essas pessoas. E o Verdemar aceitou a proposta de imediato. Desde então, o projeto se fortaleceu dentro da empresa e as contratações continuam”, ressalta. O Supermercado Verdemar conquistou recentemente o Prêmio Ser Humano pela implantação desse projeto, que recebeu, no estabelecimento, o nome de “Inclusão Como Valor”. O Prêmio Ser Humano, da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH- MG), é considerada o principal do segmento e foi criado para valorizar o indivíduo no meio corporativo e divulgar projetos e práticas organizacionais que contribuem para essa valorização. O Verdemar foi destaque na categoria Desenvolvimento, na qual concorrem iniciativas que viabilizam a inclusão de pessoas no contexto do trabalho.

Patrícia Siqueira salienta: “Já temos hoje outras três empresas contratando esses trabalhadores em Belo Horizontes, e o projeto também já foi implementado em Juiz de Fora. Está evidente, pela nossa experiência com inclusão, que a aprendizagem é importante tanto para as pessoas com deficiência psicossocial quanto para as empresas, já que, dessa forma, a inclusão destas pessoas no mercado de trabalho se dá de forma gradual.”

Os interessados em participar e as empresas interessadas em contratar esses aprendizes podem procurar o Núcleo de Igualdade de Oportunidades (NIO) da SRT-MG, por meio do telefone (31) 3270-6156, ou pessoalmente, na rua Tamoios, 596/3º andar, Centro de Belo Horizonte, das 9h às 17h.

Fonte: Ministério do Trabalho




Copyright 2018 - Gigapix Estúdio Multimídia Todos os direitos reservados abramt.org.br